Quarta, 26 de Janeiro de 2022
37°

Pancada de chuva

Água Fria - BA

Geral Acre

Em reunião com autoridades, governadora em exercício apresenta situação epidemiológica do estado e pede apoio para incentivar a vacinação

Com o aumento de casos de síndromes respiratórias e a crescente procura por atendimento nas unidades de saúde, a governadora em exercício, desembar...

14/01/2022 às 17h30
Por: Redação Fonte: Secom Acre
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Acre
Foto: Reprodução/Secom Acre

Com o aumento de casos de síndromes respiratórias e a crescente procura por atendimento nas unidades de saúde, a governadora em exercício, desembargadora Waldirene Cordeiro, convocou para esta sexta-feira, 14, uma reunião com os principais representantes de instituições públicas do estado para apresentação da situação epidemiológica do Acre e, ainda, para pedir apoio quanto ao incentivo à vacinação contra a covid-19.

Reunião aconteceu na sala de reuniões do Palácio Rio Branco, no Centro da capital. Foto: Marcos Vicentti/Secom
Reunião aconteceu na sala de reuniões do Palácio Rio Branco, no Centro da capital. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Participaram da reunião os representantes do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), Defensoria Pública Estadual (DPE), Tribunal de Contas (TCE), Ministério Público do Acre (MPAC), Assembleia Legislativa (Aleac), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/AC).

“Agradeço a participação em massa das instituições que se disponibilizaram em estar aqui e nos ouvir. Foi uma reunião produtiva, onde recebemos sugestões, discutimos estratégias e firmamos novas parcerias. É interessante que os poderes trabalhem unidos e que todos tenhamos consciência da nossa parcela de contribuição para juntos vencermos mais essa etapa da pandemia “, disse a governadora.

Desembargadora Waldirene Cordeiro está como governadora em exercício até o próximo dia 18 de janeiro. Foto: Marcos Vicentti/Secom
Desembargadora Waldirene Cordeiro está como governadora em exercício até o próximo dia 18 de janeiro. Foto: Marcos Vicentti/Secom

A apresentação dos dados equivalentes às ações e estratégias utilizadas pelo governo do Acre, para a garantia da manutenção dos serviços públicos de atendimento neste período de pandemia e ainda sobre o avanço de síndromes gripais, foi realizada pela titular da Secretaria de Estado de Saúde, Paula Mariano, que em um breve apanhado, explicou aos líderes a necessidade de apoio quanto à conscientização da população para a manutenção dos cuidados em saúde e da vacinação contra a covid-19.

“Mesmo com o aumento da procura por atendimento na porta de entrada das unidades de saúde, em 99% dos casos, não há necessidade de internação e os poucos casos que precisam, são de pessoas que não se vacinaram ou que não estão com o esquema vacinal completo. Através dessas observações podemos constatar a efetividade da vacina e a importância de continuarmos com a imunização”, explicou a gestora.

Paula Mariano é secretária de Estado de Saúde. Foto: Marcos Vicentti/Secom
Paula Mariano é secretária de Estado de Saúde. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Prestes a iniciar a campanha de imunização do público infantil de 5 a 11 anos, as fake news a respeito da vacina contra a covid-19, têm gerado preocupação às autoridades que notam resistência por parte da população em se vacinar. No Acre, a imunização desse público deve começar já na próxima semana e a intenção é de vacinar um total de 120 mil crianças.

“Mesmo sendo gratuita e com eficácia comprovada, muitas informações falsas e distorcidas sobre as vacinas circulam todos os dias pelas redes e círculos sociais, atrapalhando o avanço da vacinação e o combate à pandemia do novo coronavírus. Em parceria com a prefeitura, todos os dias temos pontos de vacinação abertos, realizamos mutirões e levamos a vacina aos locais mais distantes. Precisamos combater essa resistência”, destacou a coordenadora do Programa Nacional de Imunização (PNI), Renata Aquiles.

O que as autoridades falaram

“Parabenizo a governadora em exercício pela atitude de nos convidar e nos deixar cientes da situação epidemiológica do Acre. É nítido que a vacina tem sua eficácia comprovada e precisamos massificar isso. Sugiro aumentar os pontos de vacinação e vacinar também aos fins de semana. A Aleac está à disposição do Estado para ajudar no que for preciso”.

Genilson Leite – deputado estadual e representante da Assembleia Legislativa do Acre.

“Reconhecemos o esforço que está sendo feito pelo poder público para o controle das síndromes respiratórias no Acre. Ouvindo as falas, percebo que temos que nos empenhar mais no processo de convencimento da população sobre a importância de se vacinar. No que estiver ao nosso alcance, o governo do Estado pode contar conosco no que for preciso”.

Desembargador Roberto Barros – presidente em exercício do Tribunal de Justiça do Acre.

“Temos contribuído exigindo passaporte da vacina, usando nossas redes como meio de conscientização e falando sobre a importância de se vacinar. Observando os números, já na próxima semana, devemos deliberar a bandeira laranja, reduzindo os atendimentos da população para 30% em nossas unidades. Também me coloco à disposição do governo do Estado para contribuir nas estratégias necessárias.

Katia Rejane – procuradora do Ministério Público do Acre.

“Percebemos uma pressão do público quando passamos a exigir o comprovante de vacinação, mas mantivemos a exigência e estamos trabalhando com tranquilidade. Também estamos investindo em mídias sociais como meio de conscientização da população e esperamos poder ajudar o Estado a vencer essa nova fase da pandemia”.

Simone Santiago – Defensora Pública Geral do Estado.

“Também parabenizo a iniciativa do governo em nos convidar para esclarecer e participar do diálogo sobre a situação do estado. No que tange à OAB, mantivemos os cuidados no atendimento ao público, incentivamos a vacinação, ao uso de máscaras e também estamos exigindo o passaporte de vacinação. Estamos com as nossas portas abertas e à disposição para ajudar no que for preciso”.

Rodrigo Ayache – Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil.

“Temos consciência do nosso papel no trabalho de conscientização e também abrimos as portas para ajudar o Estado a vencer essa pandemia. Se o cidadão não tiver a consciência de se vacinar, não chegaremos ao final dessa história e temos que nos unir para incentivar. Não podemos ficar parados”.

Conselheiro Antônio Cristóvão Messias – presidente do Tribunal de Contas do Estado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Água Fria - BA Atualizado às 12h02 - Fonte: ClimaTempo
37°
Pancada de chuva

Mín. 22° Máx. 37°

Qui 36°C 20°C
Sex 36°C 21°C
Sáb 36°C 22°C
Dom 34°C 22°C
Seg 34°C 21°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete
Ele1 - Criar site de notícias